CI Afasc: parlamentares agendam cinco novos depoimentos sobre gestão financeira da instituição

Foram definidas no fim da tarde desta segunda-feira, 10, quais as cinco novas pessoas que serão ouvidas pelos parlamentares que compõem a Comissão de Inquérito (CI) da Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc). O grupo apura a gestão financeira, no período de janeiro de 2013 a dezembro de 2019, no âmbito educacional e social, da instituição.

O responsável pelo departamento de compras da Associação, Leandro De Luca Rodrigues, foi convocado para estar na Câmara, na próxima semana, dia 17. Já no dia 2 de março, a responsável pelo setor financeiro, Sabrina Martins, deverá participar da Comissão. Na semana seguinte, a ex-diretora executiva da Afasc, Letícia Vieira, será ouvida.

Os vereadores acordaram ainda a necessidade de convocar o representante e o dono da empresa que fornecia carne à Afasc, que esteve envolvida na investigação de um desvio juntamente com uma funcionária da Associação. Ambos serão chamados para comparecer ao Legislativo em data ainda não definida.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Além das oitivas, um ofício será enviado à Polícia Civil para que envie à CI um documento com a conclusão do inquérito da Operação Bocas Famintas, que apontou o desvio de carne de 32 Centros de Educação Infantil (CEIs).

A CI tem encerramento em 28 de março com opção de prorrogação do prazo por mais 90 dias. Compõem a Comissão os vereadores Arleu da Silveira (PSDB), Julio Colombo (PSB), Camila Nascimento (PSD), Pastor Jair Alexandre (PSD), Antonio Manoel (MDB), Aldinei Potelecki (Republicanos), e Edson Luiz do Nascimento (PP).

Agenda de oitivas:

17/02 – Leandro De Luca Rodrigues – responsável pelo departamento de compras.

02/03 – Sabrina Martins – responsável pelo setor financeiro.

09/03 – Letícia Vieira – ex-diretora executiva da Afasc.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.