Cervejaria lança rótulo exclusivo em homenagem aos 190 anos do 28º GAC

Um rótulo exclusivo, em homenagem ao 190º aniversário do 28º GAC foi apresentado na tarde de ontem, 26, na sede do 28º Grupo de Artilharia de Campanha. O diretor da Cervejaria Santa Catarina, Abrahão Paes Filho, e demais militares prestigiaram o lançamento.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

“A cerveja comemorativa é um tributo àqueles que ajudaram a construir a vitoriosa história do grupo e foi desenvolvida para ser apreciada entre familiares e amigos”, disse o comandante do 28º Grupo de Artilharia de Campanha, Coronel José Evânio Cavalcante de Brito Júnior.

A origem do 28° GAC, remonta ao ano de 1831, ano de criação do Corpo de Artilharia a Cavalo, sendo também, um dos legítimos herdeiros do 1º Regimento de Artilharia a Cavalo, o lendário “Boi de Botas.

“Entre as batalhas que participou ao longo da história, destacam-se a Guerra contra Oribe e Rosas, Batalha de Monte Caseros e na Guerra da Tríplice Aliança ou Guerra do Paraguai (1864-1870)”, destaca.

Tendo como patrono o ilustre Marechal Severiano Martins da Fonseca, o Grupo recebeu várias denominações ao longo de sua história e foi sediado em diversas cidades, mas desde 1977 encontra-se em Criciúma, onde se consolidou como a “Sentinela do Extremo Sul Catarinense”.

Saiba mais

O rótulo apresentado nas cores azul, vermelho e dourado representa no azul e vermelho, a artilharia de Mallet e no dourado a celebração de todas as participações invictas no 28° GAC, na história Brasil. Na frente do rótulo, contornada em arabescos dourados e acompanhando o brasão histórico 28° GAC, a escrita 190 anos é apresentada juntamente com a fachada do grupo, representando a atual sede do quartel.

Ao fundo, em marca d’água, algumas cenas marcantes vivenciadas ao longo da história foram representadas para valorizar as conquistas do 28° GAC, seja na gloriosa batalha do Avaí ou então na força de pacificação do Morro Alemão, no Rio de Janeiro.

A direita, o mapa dos estados de Paraná e Santa Catarina, representam as cidades por onde o 28° GAC, foi sediado, até que em 1977, mudou-se para Criciúma, onde se consolidou como a Sentinela do Extremo Sul Catarinense.

 

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.