Ceramistas garantem a manutenção da convenção coletiva e todos os direitos

Decisão aconteceu nesta segunda-feira em julgamento feito pelo Tribunal Regional do Trabalho

Os ceramistas de Criciúma e Região garantiram, em dissídio coletivo julgado nesta segunda-feira, 15, pelo Tribunal Regional do Trabalho, a manutenção da convenção coletiva da categoria com todos os direitos como abono de férias, adicional noturno de 30%, horas extras, e salários e demais vantagens econômicas reajustadas em 5,45% e, sobretudo, a não implantação da “Escala Marshall”.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

“Terminamos a campanha salarial com uma vitória importante, pois além de mantermos a convenção anterior, impedimos a implantação da Jornada Marshall”, informa o presidente do Sindicato dos Ceramistas, Itaci de Sá, considerando que, para isto foi fundamental a mobilização e união da categoria, especialmente no movimento grevista no mês passado, e pelo desempenho da diretoria e assessoria jurídica do Sindicato.

“Nossos pisos salariais não serão congelados, as horas extras continuam sendo remuneradas até com 100%, o reajuste salarial de 5,45% será para todos os trabalhadores, sem distinção de faixas salariais, e o abono de férias, no valor de R$ 1.220,00 será para toda categoria”, esclarece Itaci. Ele ainda destaca que a decisão da Justiça do Trabalho atende as principais expectativas dos trabalhadores e da diretoria do Sindicato.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.