Centro de Inovação será transformado em realidade no antigo prédio do Complexo Nereu Guidi

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo

Já no primeiro dia de retorno das atividades na Unesc em 2020 as atenções voltaram-se ao Centro de Inovação de Criciúma. O trabalho, protagonizado pela Unesc, está em fase de análise do projeto arquitetônico, assunto amplamente debatido em encontro ontem, 7, ma sala de reuniões da reitoria da Universidade.

O Centro de Inovação de Criciúma será transformado em realidade por meio da concessão do antigo prédio do Complexo Nereu Guidi por parte da Unesc em prol do desenvolvimento do Sul. O valor investido, no montante de R$ 8 milhões concedidos pelo Estado, será voltado à adequação e reforma do espaço, trabalho que deve ser concluído ainda em 2020. O convênio para liberação de recursos está em tratativas com o governo do Estado e a sinalização é de que a assinatura seja feita ainda em janeiro.

A reitora da Unesc, Luciane Bisgonin Ceretta considerou a reunião importante para avaliar os caminhos do projeto arquitetônico que oferece o conceito estrutural do prédio.

Segundo o diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação da prefeitura de Criciúma, Claiton Pacheco, a reunião desta terça-feira foi a segunda de uma série de encontros que ocorrerão nas próximas semanas, com o objetivo de definir o projeto arquitetônico do Centro de Inovação. “Essas reuniões têm sido muito importantes para alinharmos as funcionalidades e, principalmente, as características que vão permitir que o Centro de Inovação no futuro seja viável financeiramente e permita o desenvolvimento do ecossistema de inovação do Sul do Estado”.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Também participaram do encontro o diretor de Pesquisa e Pós-graduação da Unesc, Oscar Montedo; o gerente de Inovação da Unesc, Evânio Nicoleit; o professor Igor Drudi; o assessor de inovação da Universidade, Paulo Priante; o diretor do Senac Criciúma e presidente do Comitê de Inovação de Criciúma, Alexandre Meneguetti; o arquiteto Norberto Zaniboni, entre outros profissionais ligados ao projeto.

 

 

 

 

#Centro Inovação, #Complexo Nereu Guidi, unesc