CENJ comemora 15 anos com muito louvor e adoração

A Comunidade Evangélica Nova Jerusalém (CENJ) de Criciúma, celebra 15 anos de fundação, e para comemorar a data, neste sábado terá uma programação especial.  A partir das 19h30, uma noite de adoração, com a Cenj Praise e Orquestra da Assembleia de Deus, com mais de 60 integrantes, em uma noite acústica.

“Será um grande evento de louvor a Deus, por tudo o quanto ele fez e cremos que continuará fazendo ao longo dos anos em nossa existência aqui na terra. E no domingo, fechamos com o culto a partir das 19 horas, de ceia, adoração a Deus, por tudo o que ele é e faz a favor de nós como igreja, cristãos, família e indivíduos em sociedade”, destaca o pastor Antônio Luiz Lalau, conhecido por pastor Toninho Lalau.

Sobre a CENJ

Fundada em junho de 2013, pelos pastores Antônio Luiz e Helena Santos Lalau, com sede em Criciúma é uma associação civil de natureza religiosa, sem fins lucrativos, tendo por finalidade principal a propagação do evangelho de Jesus Cristo, com número ilimitado de discípulos, sem distinção de sexo, idade, raça, posição social ou nacionalidade, bem como a fundação e manutenção de igrejas e congregações, sob o regime de filiais, com as mesmas finalidades a que se propõe a igreja central.

Hoje em torno de duas mil pessoas frequentam o templo e as atividades da CENJ.  “ Ao longo dessa trajetória nós projetamos inúmeras atividades sociais para colaborar com a sociedade, ações como evangelismo, trabalho com casais, jovens, cultos e a casa de recuperação de drogados em Treviso. Também trabalhamos com o ensino da palavra de Deus, buscando orientar as pessoas e fazê-las também serem ensinadas por meio do evangelho”, explica Lalau.

Move In Christ

A CENJ também possui uma ONG que tem por propósito, amparar famílias carentes e pessoas de rua (com comida, banho e orientando com a palavra de Deus), onde em alguns casos são encaminhados para o centro de recuperação. “Lá temos parceria com um curso de eletroeletrônica com a oportunidade de realizar estágio em empresas. Algumas delas, inclusive já estão recuperadas e empregadas”, finaliza o pastor.

#15 anos, #CENJ, #pastor Toninho Lalau, home_destaque