Não esqueça: atrase seu relógio em uma hora

O horário de verão acaba na primeira hora deste domingo, 18. À meia-noite entre sábado e domingo os relógios devem ser atrasados em uma hora para moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. Como o sistema funciona melhor nos lugares distantes da Linha do Equador (onde existe diferença significativa na duração do dia entre o verão e o inverno), a medida não é adotado no Norte e no Nordeste.

Para o gerente do Departamento de Comercialização da Celesc, Gustavo Cavalcante Rocha, os principais benefícios da medida são a maior confiabilidade de suprimento em determinadas áreas do Sistema Elétrico, maior flexibilidade operativa e redução de cortes de carga em situações de emergência. “Ao longo dos anos, o horário de verão vem representando uma redução de quase 5% na demanda entre 18h e 21h, em Santa Catarina”, relata.

Proporcionando um maior aproveitamento da luz solar, o consumo de energia com iluminação elétrica é reduzido. O benefício vai além da questão financeira, há a diminuição no consumo de água dos reservatórios das hidrelétricas.  Além disso, a medida traz outros benefícios, como ganho de tempo para lazer, turismo, comércio e segurança.

A 42ª edição do horário de verão entrou em vigor em outubro do ano passado, com o intuito de reduzir o consumo de energia nos horários considerados de pico. A prática é comum ao redor do mundo, e nos Estados Unidos recebe o nome de “Daylight Saving Time”.

 

Colaboração: Celesc

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.