Catadores de recicláveis de Criciúma terão novo espaço para trabalhar

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro assinou, nessa sexta-feira (31), a ordem de serviço para a construção do galpão que abrigará as cooperativas de reciclagem. O ato de assinatura ocorreu na Sala de Atos, no Paço Municipal Marcos Rovaris, sendo uma cooperação entre prefeitura e empresas privadas, com o objetivo de incentivar as atividades de coleta seletiva. A empresa responsável pela execução das obras é a Construtora Nunes – LTDA e o valor investido será de R$ 1.528.571,21, com prazo de execução de 240 dias.

 Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui 

A reunião contou com a presença do prefeito Clésio Salvaro, da secretária de Educação, Roseli de Lucca, do diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, Claiton Pacheco, do gestor do Fundo de Saneamento Básico, Luiz Juventino Selva e de representantes de empresas privadas.

Segundo Selva, por mês, são coletadas cerca de 100 toneladas de lixo no município. “O nosso objetivo é, no mínimo, dobrar a quantidade de resíduos recicláveis que a gente coleta e processa por mês”, afirma. Além da assinatura da ordem de serviço, também foi lançado um projeto de reciclagem de lixo em 44 escolas que vão começar a participar de forma efetiva e assinado o termo de cooperação com as empresas.

“Criciúma fez uma opção: a gente não quer transformar os resíduos sólidos em energia, queima e tijolo. Muito pelo contrário, queremos fazer com que eles voltem à cadeia produtiva, através da separação, para que assim, haja um aproveitamento deste material, fazendo com que ele volte ao seu ciclo de fabricação”, comenta.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.