Boeira vai a plenário, defende Polícia Federal e condena indicação como pecado original

O deputado Federal do sul catarinense, Jorge Boeira, foi ao plenário, hoje, 23, pela manhã para destacar o grande trabalho da Polícia Federal na busca do combate a corrupção no País.

Ele defendeu que a Polícia Federal continue a atuar como órgão de Estado e não de governo. “Espero que a instituição se alie ao que a sociedade clame que é o fim da corrupção no Brasil e não da Lava-jato”, destacou!

Boeira ainda falou que a nomeação do novo diretor-geral tem o pecado original de ser indicado por José Sarney e Romero Jucá.

Ouça o áudio na íntegra no link abaixo.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.