Bancários fecham agências do Santander

Os bancários das quatro agências do Santander de Criciúma paralisaram o atendimento ao público no dia de hoje, 31, devido à implementação de itens da reforma trabalhista sem negociação com o Sindicato dos Bancários. O protesto é em âmbito nacional e deve acontecer somente no dia de hoje. Caixas eletrônicos seguem funcionando normalmente.

Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários, Edegar Generoso, a contrariedade do movimento sindical tem como motivo o acordo por dois anos dos bancários com os bancos. “Alguns preceitos da reforma trabalhista são irregulares, como o acordo de horas extras. A última CCT (Convenção Coletiva de Trabalho) foi realizada em novembro de 2016 e vence dia 31 de agosto. Estamos tentando este acordo desde novembro, caso não houver consenso buscaremos as medidas judiciais”, confirmou Generoso.

-Demissão em massa;

-Acordo com compensação de horas por seis meses valendo a partir de janeiro deste ano (sendo que na categoria nunca teve banco de horas;

-Parcelamento das férias dentro do critério da Reforma Trabalhista (considerado inconstitucional);

-Após quase 20 anos a data de pagamento dos salários é alterada do dia 20 para o dia 30 do mês e, o 13º salário que era pago em março e novembro agora será pago em maio e dezembro;

– O fim das homologações no Sindicato

 

Colaboração: Sindicato dos Bancários

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.