Bairro da Juventude recebe prêmio Itaú-Unicef

O Bairro da Juventude foi o campeão nacional na categoria Grande Porte da 12ª edição do Prêmio Itaú-Unicef.  O evento divulgou as melhores ações parceiras entre organizações da sociedade civil (OSCs) e escolas públicas de micro, pequeno, médio e grande porte. A premiação aconteceu na noite de segunda-feira, dia 11, no Auditório Ibirapuera, em São Paulo, em um evento realizado pela organização. Pela primeira vez no grupo nacional, a instituição já havia levado o primeiro lugar na categoria Regional Sul (SC/RS/PR), no mês passado e também no ano de 2006.

Criado em 1995, o principal objetivo do Prêmio Itaú-Unicef é reconhecer, estimular e dar visibilidade ao trabalho em parceria de OSCs e escolas públicas, para a educação integral de crianças, adolescentes e jovens brasileiros. Conforme o coordenador pedagógico do Bairro da Juventude e da escola municipal inserida na entidade, Neto Nunes, ao todo foram mais de 1,6 mil projetos inscritos de escolas que trabalham com ações destinadas a crianças, adolescentes e jovens entre 6 e 18 anos em condições de vulnerabilidade social. “Temos no Bairro a escola Padre Paulo Petruzzellis, uma escola municipal, que faz com que possamos participar de prêmios tão importantes como este. Premiações estas que buscam mobilizar a sociedade civil para a importância de sua participação no desenvolvimento de ações que promovam a educação integral. Nos sentimos honrados por isso”, declarou o coordenador.

Ainda em São Paulo, o diretor técnico e de projetos da instituição, Anézio Luiz de Souza, comunicou os parceiros da entidade com uma mensagem cheia de emoção. “Não existem palavras para descrever, estou muito emocionado. É uma mistura de reconhecimento e um orgulho imensurável. É para fechar o ano com chave de ouro, somos campeões na categoria Grande Porte e isso é mérito de todos”, descreveu o diretor.

Além de Anézio, estiveram presentes na premiação, o presidente do conselho deliberativo do Bairro, Franke Hobold, a diretora executiva da instituição, Sílvia Regina Luciano Zanette e o coordenador pedagógico, Neto Nunes. “Receber esse reconhecimento nos faz continuar perseguindo e lutando diariamente pelas 1,5 mil crianças e adolescentes atendidos pelo o Bairro. Só temos a agradecer por acreditarem no nosso trabalho”, finalizou Hobold.

Recentemente a instituição também foi reconhecida, em São Paulo, como uma das melhores Ongs do Brasil pelo Instituto Doar e Revista Época.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.