Aulas da Educação de Jovens e Adultos seguem de forma remota e presencial em Criciúma

Assim como nas escolas e CEIMs, os alunos do Proeja têm a opção de aulas remotas e presenciais. O programa forma, em média, 600 estudantes anualmente

O sonho de voltar às salas de aulas e conquistar o diploma está mais perto para os alunos do Programa de Educação de Jovens e Adultos (Proeja). Com isso, as aulas nos núcleos e na sede própria, que é o Centro de Educação Municipal de Jovens e Adultos (Cemja) Maria Santiago Ferreira, estão ocorrendo de forma remota e presencial. O programa forma, em média, 600 estudantes anualmente.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Seguindo as normas sanitárias, os estudantes podem optar por aulas presenciais e 100% remotas. “Já os núcleos que possuem uma demanda maior, como a escola Lili Coelho, as turmas são divididas em grupo A e B, uma semana são as atividades em casa e outra eles vão à escola”, reforçou a coordenadora do Cemja de Criciúma, Sonia Mirian Guglielmi. Somente da sede, o projeto atende 100 alunos. “Sempre foi um sonho termos uma sede própria. Hoje, este espaço tem capacidade de atender até 500 estudantes”, salientou a coordenadora.

Atualmente, o Cemja atende no período matutino e noturno, mas conforme a demanda, pode ser ampliado para o vespertino. “A Educação de Jovens e Adultos teve início em Criciúma na década de 1970. Desde do ano passado, temos, primeira vez, uma sede exclusiva para este trabalho. Um espaço dedicado às pessoas que estão dispostas a voltar às salas de aula”, explicou o secretário municipal de Educação, Miri Dagostim.

Os núcleos do Proeja estão situados nas Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB) Luiz Lazzarin, no bairro Vila Isabel, Professora Lili Coelho, no bairro Santa Luzia, Marechal Rondon, no bairro Centro, Padre Ludovico Coccolo, no bairro São Luiz. Além do Centro de Educação Municipal de Jovens e Adultos (Cemja) Maria Santiago Ferreira, no bairro Argentina.

Parceria

O centro também tem uma parceria com o Bairro da Juventude para os cursos profissionalizantes, que oferece capacitações em eletricista, mecânica, padaria e informática. As aulas dos cursos têm a previsão de retornar no mês de abril.

Melhorias no espaço

A unidade recebeu pintura nova e readequações na parte inferior para receber o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Próspera, que fica localizada no mesmo local. O Cemja também possui um ginásio de 684 m².

O centro está localizado na antiga estrutura da EMEB Prof Francisco Skrabski. Já a escola passou a funcionar na antiga estrutura da unidade estadual Maria José Hülse Peixoto, que foi municipalizada.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.