Atraso de repasse fecha pronto- atendimento

O saldo de quase três meses de atraso no repasse da verba por parte do Governo do Estado de Santa Catarina para manutenção do atendimento 24 horas no pronto- atendimento em Forquilhinha irá resultar no fechamento parcial do serviço. A partir de quarta-feira, 15  o local fecha a meia-noite, reabrindo as 5h30min no dia 16, permanecendo diariamente neste horário, de segunda-feira a sábado. Domingos e feriados o funcionamento será das 6 horas à meia-noite.

O secretário de saúde de Forquilhinha, Diego Passarela, afirma que não é possível manter o atendimento sem o apoio financeiro. “O aporte do Governo do Estado não está sendo repassado. E se vier atrasado não pode ser utilizado, pois é recurso vinculado, não tem como utilizar em outro setor”, informou.

Saiba mais

O atendimento 24 horas começou a ser oferecido em 5 de dezembro de 2016, por meio de um recurso viabilizado pelo deputado estadual Rodrigo Minotto. Na época, foi proposto a realização de um teste e os números mostram que os atendimentos no horário da meia-noite às seis da manhã não viabilizam o atendimento integral.

De acordo com o secretário de Saúde, dos 32 mil atendimentos desde janeiro, apenas 2.234 foram no horário estendido sendo que destes, apenas 212 como urgência e emergência, o fluxo maior se mostra a partir das cinco da manhã. “Os recursos são altos. Cada atendimento deste custa em média R$ 3 mil considerando profissionais, medicamentos, com o sistema funcionando de portas abertas o que demandam outros gastos físicos”, explica.

E completa. “O fechamento não vai deixar a população desassistida. No horário em questão do fechamento, a ambulância do Samu que já se encontra em atividade, além da compra de uma nova ambulância para o serviço”, destaca.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.