Atletas do Projeto Social de Siderópolis nas bases do Criciúma

As escolinhas esportivas de Siderópolis continuam rendendo bons frutos. Além de toda a parte social e educacional promovida pelo Projeto em parceria com o Governo Municipal e as empresas Ferrovia Tereza Cristina, Resicolor e Esucri, o objetivo de dar oportunidade para atletas buscarem o sonho de ser jogador vem dando certo.

Em fevereiro deste ano, três jovens passaram em testes em clubes de futsal do estado do Paraná e da cidade catarinense de São Miguel do Oeste. Desta vez, mais três foram aprovados e estão em treinamento nas bases do Criciúma Esporte Clube, nas categorias sub-11 e sub-13. Os atletas Jean Carlos Machado, Ruan Porfirio e Luiz Gustavo Lamperti iniciaram no Projeto Social com apenas seis anos de idade, e agora despontam para uma grande oportunidade. “Ficamos muito felizes por revelar jogadores tanto para o futsal, quanto para o futebol de campo. É satisfatório ver que o trabalho está sendo reconhecido através de convites de clubes profissionais”, destacou o coordenado de esportes do município, Vinicius Zen Pereira.

Os projetos sociais esportivos e culturais de Siderópolis têm o objetivo de oferecer um espaço de entretenimento e contraturno escolar para crianças, jovens, adultos e terceira idade. As modalidades são totalmente gratuitas e a matricula pode ser feita durante todo o ano no Ginásio de Esportes Antônio Espíndola Ramiro, localizado no Centro da cidade.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.