Atenção sobre os perigos que a eletricidade pode causar

Segundo dados do Instituto Brasileiro do Cobre (Procobre), acidentes com eletricidade causaram 599 mortes no Brasil em 2016, desses, 171 foram por acidentes domésticos. Muitos deles, quase sempre, resultam do descuido ou da falta de informação. O engenheiro eletricista, Jonas Guislon Dal Molin, destaca que a energia elétrica faz parte 100% de nossa rotina e alerta que a combinação água e eletricidade muitas vezes podem ocasionar em acidentes fatais.

“A pessoa quando está seca, possui uma resistência maior em seu corpo, se compararmos com quem está molhado. Caso ela toque em algum local energizado a incidência do choque será maior. Isto pode até mesmo acarretar em uma parada cardiorrespiratória”, comenta.

Conforme o engenheiro eletricista, qualquer corrente que circula no corpo acima de 30 miliampére, já pode causar alguma situação grave, caso atinja o coração. “O problema não é a tensão, mas sim a corrente que circulou pelo corpo”, considera.

Cuidados em casa

Na manutenção de equipamentos (televisão, geladeira, máquina de lavar roupas, chuveiro, torneira elétrica e outros), deve-se desligar o disjuntor e certificar se realmente o circuito que está ligado ao aparelho esteja desenergizado.

Além disso, ter um bom projeto elétrico na residência, de preferência com aterramento, também é preciso. “Em toda instalação elétrica é indispensável a utilização do DR “disjuntor residual”, criado justamente para proteger contra o choque elétrico. Por exemplo, uma criança que colocar uma chave ou um prego na tomada, antes que a corrente circule por seu corpo, o disjuntor residual desliga o circuito imediatamente”, explica.

Muita atenção também, ao pegar o celular com as mãos molhadas, quando estiver conectado na tomada. “O ideal é não utilizar o aparelho quando ele estiver carregando”, ressalta.  Outro cuidado importante é de não utilizar extensão inadequada no corte de grama.

Como agir em casos de choque elétrico:

  • Desligar o circuito em que ela está levando o choque (disjuntor, tirar a extensão da tomada.);
  • Usar objetos isolantes para desprender a pessoa do que conduz a energia elétrica (madeira, um pedaço de cano…);
  • Nunca encostar na vítima durante o choque elétrico. Você pode receber a descarga elétrica;
Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.