As delícias e a cultura dos imigrantes italianos reunidos na Festa da Gastronomia

Nova Veneza, considerada a Capital Catarinense de Gastronomia Típica Italiana, se transforma num autêntico festival gastronômico com um mix dos mais variados pratos. Em sua 14º edição, mais uma vez a expectativa é grande em torno do evento, que reúne também diversas atrações culturais, e inicia na quinta-feira, dia 14, e encerra no domingo, dia 17, em Nova Veneza.

A festa será concentrada em dois locais, no Parque de Exposições e na Praça Humberto Bortoluzzi, em torno do coreto. A Administração Municipal está envolvida em 100% na organização da festa, além de voluntários e entidades de Nova Veneza.

O prefeito de Nova Veneza, Rogério Frigo, estima um público de 100 mil pessoas, nos dias do evento e garante que mesmo com o tempo ruim, propício à chuva a estrutura de mais de sete mil metros quadrados ajudará a não tirar o brilho do evento. “Nossa festa tomou um rumo muito grande, com isso estamos corrigindo os pontos negativos para deixá-la a cada edição melhor”, destaca o prefeito. E completa. “Queremos além de tudo, que o povo de Nova Veneza participe do evento, não faz sentido organizar uma festa desse porte e a população da cidade não estar junto com a gente”, considera.

127 anos de colonização

Além disso, a Festa da Gastronomia Típica Italiana acontece em torno dos 127 anos de colonização do município e 60 anos de emancipação político administrativa, comemorado no dia 21 de junho (feriado municipal), sendo a data comemorada na primeira quinzena do mês de junho.

Farta gastronomia será o ponto alto do evento

“A expectativa é de ser a melhor edição de todas, pois está sendo construída em função da avaliação do que aconteceu no ano passado. Estamos investindo na profissionalização da festa em todos os sentidos, percebendo o que Nova Veneza pode oferecer. Na área da gastronomia tudo é feito em Nova Veneza e isto faz com que a economia do município aumente neste período”, destaca a secretária de Cultura, Esporte e Turismo de Nova Veneza, Susan Bortoluzzi Browne.

Estande com a polentaria

Considerada como a Capital Nacional da Gastronomia, as melhorias serão feitas principalmente nesta área, com cardápio típico italiano como, por exemplo, lasanha, pizza inteira, variedades de molhos e nhoque, além de um estande com a polentaria. “Serão servidas porções de polenta, onde o cliente irá escolher o molho”, destaca Susan. Os valores serão padronizados com pratos a partir de R$15,00. Destaque ainda para a Casa da Minestra, construída nos moldes dos antepassados.

Carros alegóricos no Carnavele De Venezia

Com a temática, as Quatro Estações de Vivaldi, o mistério irá tomar conta da cidade no desfile no sábado à noite, a partir das 21h, no Carnevale di Venezia. Serão cinco carros alegóricos produzidos por carnavalescos de Florianópolis, seguindo a tradição do carnaval italiana. “Será um grande espetáculo e trará para a rua uma história fantástica. A surpresa ficará em torno do carro que irá trazer as rainhas”, garante Susan.

A saga dos valentes

A rua onde fica a Casa da Cultura será fechada e coberta e lá, irão se concentrar os vinhos, na Casa da Minestra ficará a parte de lanche. Os eventos serão realizados simultaneamente no teatro, coreto e na praça de alimentação.

“Um dos pontos altos será o desfile – A saga dos valentes, no domingo, com a participação de34 famílias de descendentes italianos ou que fizeram a história do município. Cada uma delas irá homenagear o seu valente. Serão em torno de duas mil pessoas, somente desfilando”, revela a secretária de turismo.

 

 

#14ºedição, #festa da gastronomia, home_destaque, Nova Veneza