Após perseguição policial suspeito de roubos foi preso em Criciúma

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo

No final da tarde desta sexta-feira foi executada a recaptura de foragido/evadido do sistema prisional pela Polícia Militar em Criciúma. Uma guarnição policial recebeu informações pela Rede de Vizinhos, que na Rua Braz Cardoso Fernandes, no Bairro Santa Luzia, estaria escondido um foragido da justiça.

Com apoio de outra guarnição foi possível fazer a verificação. Ao chegar próximo da residência o suspeito, que estaria na janela ao perceber os policiais se aproximando do local tentou sair correndo, entretanto, o imóvel foi cercado, nisso o homem  ficou preso dentro de casa, onde o mesmo permaneceu por alguns minutos, até sair com as mãos para cima.

Logo em seguida, foi localizado nos fundos da residência outro suspeito, que estava com uma bicicleta e com R$ 110,00 dentro de sua carteira. O homem relatou estar ali pois foi chamado pelo outro individuo para instalar um som automotivo. O primeiro homem disse não saber que o outro estava foragido e cometendo roubos no região. Vale ressaltar que o masculino possui, 17 Boletins de ocorrência ( Furto em residência, Furto, Furto em residência, Furto de automóvel, Dano simples, Lesão corporal leve, Estelionato, Lesão corporal culposa na direção de veículo automotor ) 2 Autos de prisão em flagrante.

Um terceiro homem chegou algum tempo depois na residência e informou que morava ali juntamente com o primeiro homem, que é seu cunhado, e que pegou algumas joias para vender, e sabia que as mesmas eram roubadas, também pegou quatro relógios para vender por R$ 200,00 cada um, e disse que havia deixado relógios na casa de um amigo, que reside na Próspera, toda a negociação está salva em seu celular Celular Xiaomi X6, o mesmo foi apreendido, cabe ressaltar que a guarnição não teve acesso ao seu celular, ele mesmo confessou para a guarnição.

Na sequência os policiais perceberam que atrás da residência havia uma moto escondida embaixo de uma lona, ao consultar a placa da moto HONDA/CG 125 TITAN foi identificado que a mesma estava com registro de furto, ao questionar o morador, o mesmo relatou que comprou a moto por R$ 50,00. Ressalta-se que a placa da motocicleta na numeração havia uma fita isolante preta, assim transformando a numeração 3 para 8, fazendo parecer outra motocicleta.

A guarnição já tinha informação que a motocicleta estava sendo usada em roubos na região da Santa Luzia, e que essa mesma moto foi usada no roubo de uma Padaria, a guarnição então fez uma varredura na casa e encontrou a arma ( .32 S&W Rossi ) usada no roubo, que havia ocorrido mais cedo, além de vários objetos (relógios, pulseiras, correntes, brincos, dinheiro nacional e estrangeiro como Dólar e Euro ) de origem duvidosa.

Inclusive nas imagens do roubo feito na Padaria, mais cedo pode ser visto o suspeito pegando um pote de bala, pote esse achado na residência, junto com várias joias, ainda com etiquetas e relógios, todos esses objetos oriundos de um roubo a uma ótica localizada no mesmo bairro.

A guarnição também localizou um revólver calibre 32 escondido com 6 munição intactas, revólver esse reconhecido pela vítima, que informou que por volta das 14h de sexta-feira, dois masculinos entraram armados na Padaria onde trabalha, e anunciaram um roubo, vindo a exigir dinheiro, e que se alguém fizesse algo iriam atirar. Foi dito que os criminosos levaram dinheiro e algumas balas do local, e que estavam com uma arma pequena, capacete preto com listras brancas, e outro de calça clara e capacete.

Um dos suspeitos assumiu a autoria do roubo na Padaria mais cedo e disse que comprou o revólver por R$ 1.000,00, e estava devendo o mesmo para quem lhe vendeu a arma. A guarnição então deslocou com os suspeitos e com as vítimas para a delegacia de Polícia.

Já na Delegacia um dos suspeitos se desvencilhou da algema deslocando seu polegar e se soltando, então empreendeu fuga. Um policial militar e outro civil  saíram atrás do suspeito, deram ordem para o mesmo parar, ordem essa que não foi obedecida, o homem pulou o muro lateral da Delegacia, de uns quatro metros de altura, onde o policial militar também pulou atrás vindo a machucar o joelho direito, mesmo assim correu por mais uns mil metros, quando conseguiu pegar o preso, que por sua vez partiu para cima do soldado e desferiu uma cotovelada na altura do supercílio esquerdo, vindo a causar uma lesão, e a machucar as mãos e o cotovelo esquerdo durante a colocação das algemas do mesmo, que foi conduzido novamente para a Delegacia.

Receptação, Porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, Porte ilegal de munição ou acessório de uso permitido, Roubo, Lesão corporal leve – Dolosa, Resistência, Desobediência.

Cabe ressaltar que o masculino F C

A proprietária da relojoaria esteve na Delegacia e reconheceu as joias e os relógios que foram roubados, tanto que algumas joias ainda estavam etiquetadas com o nome da joalheria. O dono da moto HONDA/CG 125 TITAN (LZP8773) também esteve no local para reaver a moto. A guarnição também relatou que viaturas de apoio e de serviço ultrapassaram sinais vermelhos e radares, acima da velocidade permitida para prestarem apoio na recaptura do preso.

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo