Alerta: pandemia deixa crianças e adolescentes mais vulneráveis a maus tratos

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Cocal do Sul chama atenção para a situação do confinamento de crianças e adolescentes. A preocupação é com a situação de isolamento provocado pelo coronavírus e o afastamento das crianças do espaço escolar, que pode dar vasão a violências contra os vulneráveis, e de possíveis abusos.

Segundo a presidente do Conselho, Jordana de Souza Bortolotto de Faveri, muitas denúncias partiam da escola que indicava e observava. “E neste momento é um apoio que a criança, pode não estar tendo. É necessário que  vizinhos, ou os parentes observem essa situação e possam auxiliar de forma responsável”, recomenda.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Para alertar sobre essas situações, o CMDCA está reforçando os canais de denúncia que é o telefone Disque 100, do aplicativo Direitos Humanos Brasil, além do atendimento do Conselho Tutelar do município.

Funcionamento do Disque 100

O Disque 100 funciona diariamente, 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados. As ligações podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem gratuita, de qualquer telefone fixo ou celular, bastando discar 100. O serviço pode ser considerado como “pronto socorro” dos direitos humanos pois atende também graves situações de violações que acabaram de ocorrer ou que ainda estão em curso, acionando os órgãos competentes, possibilitando o flagrante.

Jordana lembra que o Disque 100 recebe denúncias anônimas e fornece número de protocolo para o denunciante. “É uma forma de acompanhar o andamento da situação”, informa.

O Disque 100 recebe, analisa e encaminha denúncias de violações de direitos humanos relacionadas a crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, pessoas em restrição de liberdade; população em situação de rua, discriminação ética ou racial; tráfico de pessoas, trabalho escravo, moradia e conflitos urbanos.

Aplicativo direitos humanos

Pelo aplicativo também é possível realizar denúncias relacionadas aos Direitos Humanos, tanto de forma identificada ou anônima. Assim como as realizadas por telefone, cada denúncia recebe um número de protocolo para acompanhamento em tempo real dos andamentos. Será possível realização de denúncias por vídeo chamada, e chat direito com um atendente devidamente capacitado.

Outro canal de denúncia importante é o Conselho Tutelar que está atendendo  das 8h às 12h, e das 13h às 17h, de segunda-feira à sexta-feira, no Bairro Jardim Itália, Rua Castro Alves. Os telefones são 3444-6032 ou o plantão (48) 999844204.

 

 

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo

#adolescentes, #conselho tutelar, #crianças, Coroavírus, Maus Tratos, Pandemia

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo
Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo