Anúncio

A obesidade pode estar dentro da sua casa e você nem percebeu

A obesidade já deixou de ser apenas um problema estético há muito tempo. O excesso de peso é responsável pelo surgimento de inúmeros problemas de saúde como a má formação do esqueleto, problemas cardíacos e diabetes.

Cerca de 10% dos adolescentes e 15% das crianças sofrem com a obesidade. E pasmem, oito entre cada dez continuam sobrepeso ou obesos na fase adulta. As crianças, em sua maioria, ganham peso com mais facilidade decorrente de alguns fatores. Vamos a eles:

Anúncio

Consumo exagerado de alimentos, cuidado!

Posso citar os famosos sanduíches e hambúrgueres de fast-food, tanto os preparados em casa por você mamãe quanto aqueles comprados em grandes redes. As mamães adoram preparar um lanche mais “encorpado” com batatas fritas e bifes na manteiga. E de encontro a isso, tem algumas pessoas que pensam e dizem que “criança gorda é saudável”. As crianças, coitadas… imitam hábitos alimentares. Aí na sua casa, como vai a alimentação da sua família? Se for saudável, ótimo! Mas, se for com excesso de fast-food, pouca água e nada de frutas, verduras ou legumes, dificilmente a criança irá criar um bom hábito alimentar. “A laranja não costuma cair longe do pé!”

Falta de atividades física, mexa-se! 

Já falei em outras oportunidades, o quanto os avanços tecnológicos são danosos na vida das pessoas, principalmente das crianças. Os smartphones, tablets e computadores são a porta de entrada ao sedentarismo e você e eu sabemos disso! Pouco ou nenhum esforço físico, provenientes das facilidades proporcionadas pelas novas tecnologias, estão cada dia mais frequentes e recorrentes dentro dos lares no mundo inteiro.

A insegurança e o aumento da violência urbana também são responsáveis por nos levar para a frente de um equipamento eletrônico, somados a um pacote de biscoito ou sanduiche e refrigerantes. Aí está, novamente a obesidade batendo na sua porta, entrando e sentando no seu sofá! Movimente-se!

A ansiedade é um perigo eminente! 

Os jovens e as crianças também sofrem com a ansiedade provocada pelo stress do dia a dia. A preocupação em semana de provas ou tensão pré-vestibular, até mesmo o stress e a tensão existente dentro de casa, são fatores que impulsionam uma comilança compulsiva, mesmo estando sem fome.

Geralmente, por trás de uma pessoa obesa, se encontra um problema psicológico. Isso ainda pode ser agravado devido a uma cultura que exclui essas pessoas e essas crianças, através de “brincadeiras” com sua condição física. Isso, só leva o adolescente ou a criança a piorarem esse quadro pois se sentem tímidas ou envergonhadas, o que acaba levando-as ao isolamento e alimentação desregulada como fuga da realidade. Quanto mais rejeitados, mais comem! A ansiedade é perigosa!

A depressão é uma panela de pressão prestes a explodir!

Alterações hormonais que podem levar o indivíduo a emagrecer ou a engordar podem ser sintomas de depressão. Pesquisas comprovam que, uma pessoa deprimida e que não pratica atividades físicas, come mais doces. Nesse caso, o chocolate virou o vilão número um!

Fatores hormonais

Lembro ainda que a obesidade pode ter correlação com algumas variações hormonais, tais como: deficiência do hormônio do crescimento; excesso de insulina; excesso de hidrocortisona, etc.

A genética pode ser um fator

Várias pesquisas já nos mostraram que se o pai ou a mãe é obeso, o filho desse casal tem 50% de chances de se tornar uma criança com sobrepeso, e se ambos são obesos, o risco aumenta para quase 100%.

Foto: Internet = Getty imagens

Como são as pessoas onde você mora?

Você já reparou que, muito provavelmente no seu bairro, no seu prédio, ou mesmo em sua roda de amigos, há um amigo ou amiga obesa? Isso significa que a obesidade está cada vez mais presente no nosso cotidiano e cada vez mais próxima de nossos lares.

“Você sabia que, nos anos 70, a relação de brasileiros obesos com faixa etária, entre seis e 18 anos, em condições acima do peso ideal, eram apenas  3% e que agora, o contingente de obesos aumentou entre cinco a seis vezes, ou seja, aproximadamente 7 milhões de crianças e adolescentes obesos!”

(Felipe Liprandi Minatto)

Prevenção tem que ser a palavra chave para evitarmos a obesidade. Então, aqui vão algumas dicas recomendadas pela nutricionista do CEPIN, Janara Marques Souza (CRN 7281) para que você possa se prevenir e ter uma vida mais saudável:
• Siga uma alimentação balanceada, rica em legumes, frutas e verduras;
• Respeite os horários das principais refeições e procure não beliscar guloseimas entre os intervalos;
• Evite alimentos ricos em gorduras, como refrigerantes, frituras e doces;
• Procure praticar atividades físicas, sejam esportivas ou mesmo em uma academia, desde que orientadas por profissionais;
• Beba muita água, ao menos 2 litros ao dia. A água é super importante para desempenharmos naturalmente as funções do nosso organismo.

JANARA MARQUES SOUZA – CRN 7281

A obesidade é um problema gravíssimo atualmente, onde você e eu temos que combatê-la com unhas e dentes. Se você conhece alguém que esteja sobrepeso, solicite a ela que procure um médico, pois as causas da obesidade podem ter diversas origens, como visto nessa coluna.
Quanto mais precoce for a procura por especialistas, maiores as chances de ser tratado e livrar-se da obesidade. Mas não se esqueça que, o mais importante mesmo, é estarmos bem com nós mesmos.

• Em Criciúma, está localizada a primeira academia exclusiva para bebês, crianças e adolescentes do sul catarinense. Atividades como ballet, karatê, funcional, estimulação sensório-motora, jiu-jitsu, ginástica, yoga, psicomotricidade e aulas de instrumentos musicais são algumas das muitas opções que seu filho e sua filha poderão fazer para manter a saúde em dia, bem como ter acompanhamento nutricional com nossa querida nutri Janara.

#vemprocepin

Foto: Sami Godói

AGRADECIMENTO ESPECIAL:
Aleksandra Lima Martins
Marina Bratti
Alessandra de Lima Martins
Janara Marques Souza

* Algumas fotos foram feitas antes dos protocolos sanitários de combate ao covid-19 entrarem em vigência.
** Os citados e fotografados neste artigo participaram de forma consciente, livre, esclarecida e /ou foram creditados devidamente.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.