12 de maio: uma data para celebrar os heróis da enfermagem

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo

Quando se fala em heróis, as primeiras imagens que vêm à mente são de pessoas fortes, vestidas com roupas especiais, com super-poderes e que se tornam exemplos seguidos por todos. Com a pandemia do Coronavírus, uma nova equipe de super-heróis e heroínas se formou e ganhou destaque. Eles podem vestir branco, verde ou azul, tem como super-poderes a coragem, a força e a determinação. Se dedicam pelo próximo e se doam pelo bem comum. Na maioria das vezes deixam sua própria família de lado para cuidar da família dos outros. São os heróis da vida real que hoje, 12 de maio, celebram o seu dia, o Dia da Enfermagem.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Celebrar o Dia da Enfermagem, em um período tão delicado como o vivenciado atualmente é um grande desafio para os profissionais. “Penso que temos sim muito a comemorar. Celebrar esta data especial, neste momento diferente que vivemos hoje, com tantos medos e insegurança, só demonstra a força que todos nós temos. Nós escolhemos a enfermagem para servir de instrumento nas mãos de Deus”, garante a coordenadora do pronto-socorro do Hospital São José de Criciúma, Camila Inácio Padilha.

A mesma ideia é compartilhada pela coordenadora do pronto-atendimento do HSJosé, Irmã Ana Helena Rockembach. “A enfermagem é um trabalho de doação. Uma missão muito digna e diferente onde oferecemos a nossa vida em favor do outro”, enaltece.

A enfermagem durante muitos anos sempre esteve à frente de grandes batalhas e hoje, diante dessa pandemia não seria diferente. “Somos a linha de frente, somos o profissional à beira leito, somos os heróis, quantos codinomes recebemos, quando na verdade somos profissionais da enfermagem em toda sua essência. Nosso papel é abrangente e estamos sempre prontos para desempenhá-lo da melhor forma possível. Não recuamos e não desistimos, estamos nessa luta juntos. Isso vai passar e vamos vencer”, garante a coordenadora das UTI’s do HSJosé, Mariana Freitas Comin.

Dificuldades enfrentadas com coragem e amor

Com a pandemia do Coronavírus, cada vez mais os profissionais da enfermagem precisam superar desafios e tem recebido reconhecimento pelo trabalho que realizam. “Nós enfermeiros, técnicos e auxiliares vivemos um momento diferente de tudo o que já vivenciamos”, aponta a gerente de enfermagem do HSJosé, Thamilis Peruchi Csunderlick. “Ao mesmo tempo, com tantas incertezas e medos, vejo os profissionais muito envolvidos. Nenhum deles está fugindo à batalha, todos vem trabalhar pelo paciente. Temos uma equipe guerreira e muito forte e só temos a agradecer. Sabemos que está sendo difícil para todos, mas o que seria de toda a sociedade sem os profissionais da enfermagem nesse momento? Nosso juramento foi de cuidar da vida até o fim e todos estamos seguindo, com muita motivação para vencer esta batalha. Queremos logo tirar as máscaras e sair sorrindo pelos corredores e temos a certeza que esse momento vai chegar”, complementa Thamilis.

De acordo com a diretora do Hospital São José, Irmã Isolene Lofi, o Dia da Enfermagem é um dia de agradecimento. “Queremos agradecer todo empenho e dedicação destas pessoas que, ao longo da história, entre lutas, conquistas e desafios, são luzes na vida de muitas pessoas. Com coragem e garra em um momento tão delicado da história, estão aí, para cuidar e acalentar. Isso nos enche o coração de gratidão a estes profissionais. Nosso muito obrigado por ser parte desta história do HSJosé, de mais de 80 anos, sempre cuidando da saúde de todos”, aponta a religiosa.

 

Fotos: Jéssica Pereira/ Assessoria de Imprensa Hospital São José

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo

#hospital sao josé, Coronavirus, Dia da Enfermagem, Pandemia

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo
Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo